Alvaron

Criar um site ou um app, eis a que$tão

A primeira onda dos “Apps” passou. Como em qualquer mercado, ideias bacanas tiveram o merecido sucesso, mas também muitas ideias boas não conseguiram retornar o alto investimento que o desenvolvimento de aplicativos inovadores e de qualidade exige.

Ainda assim a palavra “aplicativo” ainda parece carregar algo de mágico, como a palavra “site”  carregava entre o finzinho dos anos 1990 e os primeiros anos da década de 2000. A pergunta para os tempos atuais é: uma pequena ou média empresa, considerando o fato custo-benefício e principalmente o fator investimento-retorno, deve começar investindo em um app ou em um site?

Joga no Google

Você já deve ter escutado isso, “joga no Google”. Já virou clichê. 

E não é à toa. Ao jogar uma expressão no Google, você receberá vários tipos de resultados, incluindo links de apps, imagens e vídeos, mas onde você terá uma experiência mais completa com o que está procurando?

Em um bom site. Isso porque um site moderno servirá como uma central de divulgação, onde convergem todos os seus esforços de divulgação nas redes sociais, suas imagens, seus vídeos, suas notícias e um roteiro de informações institucionais em que você direciona o visitante para os pontos mais estratégicos. É um verdadeiro hub de informações, e estamos na era da informação. E mais que isso, lá é o lugar ideal para depoimentos de clientes, avaliações de produtos e serviços e cases, que darão credibilidade ao seu site e sua marca.

De olho nos percentuais menores e mais importantes

Algumas das pesquisas do Google indicam que as pessoas gastam mais tempo em aplicativos para dispositivos móveis do que em websites para dispositivos móveis. Os apps detém até 90% do tempo gasto em um smartphone e 77% do tempo em tablets. O problema é que este tempo é mal distribuído, poucos aplicativos ficam com a maior parte do tempo de acesso. Mais de 50% do deste tempo é usado em aplicativos como Facebook, Instagram, WhatsApp, Youtube, 90% do tempo é gasto nos principais aplicativos de que a pessoa curte utilizar.

Por outro lado, o tempo gasto na web é distribuído de maneira mais uniforme entre os sites. As pessoas acessam novos sites que encontram no Google, exploram links de aplicativos existentes e navegam em conteúdo com a grande vantagem de nunca precisar instalar um aplicativo. Podemos concluir então, que é mais fácil para uma empresa não tão conhecida, alcançar os usuários pela primeira vez com um site, do que pretender tomar tempo dos gigantes Facebook, Instagram, WhatsApp, Youtube.

As vantagens de começar criando um site

Como vimos no item anterior, criar um site é um ponto de partida mais fácil do que criar um app, a menos que você disponha de verbas incríveis para investir em desenvolvimento e promoção. É o melhor contexto para testar ideias, principalmente quanto a sua capacidade de gerar receita.

Ajustes instantâneos

Quando um desenvolvedor Web faz ajustes em um site, as alterações são imediatas e todos os visitantes percebem a atualização. Os usuários de aplicativos por sua vez, precisam instalar uma atualização para receber as alterações e ajustes, o que deixa usuários com versões com bugs ou desatualizadas. Às vezes uma nova versão de aplicativo, leva uma semana para ser aprovada, e isso pode deixar muitos usuários desinformados de promoções, novas funcionalidades,e o pior, experimentando erros.

Revisão própria

Tanto Apple quanto o Google revisaram suas políticas de desenvolvimento constantemente, com requisitos mais rigorosos para o que é permitido em um aplicativo nas suas plataformas. A App Store e o Google Play rejeitam envios de aplicativos com mais frequência, especialmente de startups desconhecidas. Toda vez que um desenvolvedor de aplicativos envia uma atualização, eles correm o risco de atrasos e contratempos devido aos requisitos de revisão.

Já no que se refere a sites, os desenvolvedores Web podem fazer qualquer alteração, ou lançar novidades e promoções sem obstáculos ou restrições de terceiros.

Custo e Investimento

A licença de desenvolvedor da App Store custa US $ 99 por ano, enquanto um domínio custa R$ 40 por ano, e há hospedagens de R$ 100. Estes números são uma ninharia em comparação com os custos de desenvolvimento do app, versus o custo de desenvolvimento de um site(muito menor). Isso sem falar em promoção. O app em geral precisará muito de promoção paga, enquanto os site podem se auto promover de graça com um blog que contenha notícias e dicas bem elaboradas.

Competição selvagem entre apps

A competição entre os aplicativos aumenta drasticamente o esforço necessário para promoção. É que normalmente os aplicativos são descobertos pelas “stores”, ou então precisam de espaço publicitário. É uma competição selvagem com cada vez mais aplicativos uns parecidos com os outros, e pouca chance de roubar público de aplicativos consagrados. Pense:qual a chance hoje de alguém deixar o Instagram por um aplicativo similar?

Já com o site, novos visitantes são  gratuitamente através do SEO, poupando dinheiro e esforço, pois as pesquisas pelo Google farão novos visitantes aparecer através da busca orgânica. Alguém que busque por um site de serviços de manutenção, pode acabar escolhendo um site que ensina a consertar uma pia em um post, e confiar nele, exatamente por ali estar um caso de “quem sabe mostra que sabe”.

Sites funcionam em todos os dispositivos

Custo, benefício, investimento e retorno se tornaram palavras chave no mundo empresarial moderno. Um conceito que custa muito e devolve poucos resultados, pode ser maravilhoso, poético, e quebrar um negócio por não gerar receita. É desenvolver apps em diferentes plataformas(IOS e Android), por isso pode ser melhor se concentrar onde a ideia pode ser posta à prova e as receitas podem vir com menos investimentos. A criação de um site significa que os usuários em dispositivos móveis e computadores podem usar seu serviço, enquanto um aplicativo pode estar limitado exclusivamente a iOS ou Android.

Construir um site não significa que você desista dos usuários de dispositivos móveis; pelo menos 80% dos dos internautas hoje usam smartphones ou tablets. Com um site responsivo, você estará nas tela grandes e pequenas de qualquer fabricante, atingindo seus clientes e potenciais clientes.

E tem mais: site adaptados para smartphones e tablets funcionam em computadores, TVs e outros dispositivos com acesso à internet e telas grandes. Já os apps funcionam apenas nos dispositivos móveis, e precisam ser instalados e receber permissões, algo que pode ser demorado e até mesmo chato.

Internacionalização

Os sites podem ter seus textos traduzidos automaticamente para diferentes idiomas sem trabalho e custos extras para conquistar usuários estrangeiros. Com as traduções do Google cada vez melhores, fica aberta a possibilidade de atender todo o mundo. Já os aplicativos precisam descobrir traduzir seus conteúdos, aumentando esforços e custos, gerando novas versões, aprovações, etc.

Falando de grana

Usuários de desktop tendem a gastar mais. Usuários profissionais tendem a gastar em softwares que funcionem em seus computadores, se eles são realmente necessários em seu trabalho, mas geralmente hesitam em colocar os dados de seu cartão em um aplicativo. Como resultado, muitos sites cobram mais pelo mesmo serviço premium em seus sites do que em seu aplicativo.

A criação de um aplicativo para iOS ou Android significa que você terá que conceder à Apple ou ao Google uma boa comissão com compras e assinaturas no aplicativo(geralmente 30%). Em contraste, meios de pagamento como Mercado Pago, PagSeguro e Mercado Pago, cobram cerca de 6% de comissão. Há mais opções para pagamentos pela Web do que nos Apps, e como a competição só deve aumentar, a tendência é que surjam meios de pagamentos eletrônio seguro que tornem sua margem maior nas vendas.

Exceções: quando você deve criar um aplicativo em um site
Como toda decisão no Startup Land, a escolha entre um site e um aplicativo nativo tem suas compensações. Os fundadores devem decidir caso a caso; Há algumas ideias em que os aplicativos nativos têm uma grande vantagem:

Conclusão

Se você tem uma ideia bacana, e um bom dinheiro para investir(lembre-se que muitas vezes para garantir o sucesso de um filme ou game, é necessário gastar a mesma verba da produção em promoção, lembre-se de como cada vez mais você vê anúncios pagos de apps), parabéns, você faz parte da minoria que pode arriscar suas fichas em um app.

Se você tem uma ideia bacana, e quer investir na medida, para obter o máximo de retorno com seus recursos disponíveis, e a melhor relação custo benefício possível, o site ainda é a grande alternativa, porque pode ser o hub onde se canalizam todos os seus esforços nas redes sociais, conquistar autoridade para sua marca através de posts que você mesmo pode produzir, guiar seu visitante por um caminho que aumente a chance dele se tornar um cliente, e quem sabe até, gerar receita para pagar seu aplicativo.

Solicite agora mesmo um orçamento sem compromisso para criar um site para sua empresa.

Tecle pelo WhatsApp 51 9 96547672 ou Envie um email para contato@alvaron.com.br

 Telegram