Alvaron

Conceitos básicos de Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é ou um conceito relativamente novo que parece ter vindo do nada, mas também pode ser um bom nome para coisas que você já conhece. De qualquer maneira, podemos dizer que há uma revolução de marketing de conteúdo em curso, por isso é bom ficar antenado.

Pensando nisso, decidi resumir alguns conceitos básicos do marketing de conteúdo. Entender esses conceitos chave, te ajudará a conhecer melhor e formar alguma opinião sobre este importante tema.

1. Marketing de Conteúdo: Em essência, o marketing de conteúdo é a criação e compartilhamento de conteúdo útil, a fim de criar um relacionamento com seu público. O “conteúdo” se refere a mensagens nas mídias sociais, blogs, vídeos, etc. A diferença entre o marketing de conteúdo e marketing tradicional é que o marketing de conteúdo é raramente promocional e raramente fala diretamente sobre um produto ou empresa – é mais preocupado com o fornecimento de algo de valor para clientes e prospects. Então resumindo, antes de querer vender, você precisa se preocupar em criar coisas interessantes, que as pessoas curtam e compartilhem.

2. Estratégia de Conteúdo: Este é o processo de descobrir os tipos de conteúdo, assuntos e plataformas de conteúdo que tendem a envolver mais o seu público. É essencial ter uma estratégia de conteúdo sólida desde o início, para que você possa tomar decisões e direcionar seus esforços e recursos.

3. Thought Leadership: Este conceito se refere a liderança, não no sentido tradicional, mas no sentido de comunicação e persuasão, de demonstrar liderança e experiência de sua marca sobre os temas que são importantes para o seu público. É cada vez mais importante posicionar-se como um líder, especialista no seu segmento e tornar-se uma referência confiável, cujas ideias são amplamente reconhecidas e aceitas. Se você é bom no que faz, isto não basta, é preciso descrever de uma maneira concisa e estruturada o que você faz bem.

4. Calendário Editorial: Esta é a ferramenta que o impede de perder o foco tático enquanto põe em prática sua estratégia de conteúdo. Se você estiver lidando com conteúdos variados, através de múltiplos canais, você precisa de alguma metodologia para controlar e otimizar esforços. Lembre que o simples e o bom são mais acessíveis e fáceis de manter que o complexo e sofisticado: seu calendário pode ser um documento do Word ou uma planilha do Excel, com a informações chave como título (ou tópico), autor, prazos, data de publicação e publicação canal.

5. Social Media Marketing: Se a sua marca está no Facebook, Twitter, LinkedIn, Pinterest, etc, você já está fazendo o marketing de conteúdo de certa forma. Para colocar um pouco de estratégia por trás sua presença nas mídias sociais, descubra quem é seu público e o que eles estão procurando. Em seguida, crie conteúdo envolvente para transformar fãs e seguidores em defensores e divulgadores da marca.

6. Marketing de Conteúdo Visual: Isso inclui vídeos, fotos, infográficos e outras formas não textuais de conteúdo. Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, então leve isto a sério! Com ferramentas como o Instagram, agora é possível criar e postar vídeos e imagens originais de qualidade sem gastar um monte de dinheiro.

7. Marketing de Conteúdo e SEO: Algumas pessoas pensam que você pode fazer marketing de conteúdo ou SEO, mas não ambos. Isto não é verdade. Graças à evolução dos algoritmos de busca do Google, criar um bom conteúdo realmente leva a melhores posições nos resultados de pesquisa. Na verdade, em certo nível pode-se dizer que o marketing de conteúdo é, na verdade, o novo SEO.

8. Marketing de Conteúdo e Relações Públicas: Bons conteúdos ganham vida para além da sua publicação inicial. Eles podem ser usados por exemplo como fontes para veículos de comunicação interessados em seu segmento de negócio. Seu conteúdo é como um curriculum, ou um release, que pode ser compartilhado e servir para sua divulgação em âmbitos variados, como reportagens, artigos, e até para gerar eventuais convites para que você poste seu conteúdo em outros blogs e sites.

9. Google Analytics: Ferramenta essencial para mensurar esforços e avaliar resultados. Monitorar, controlar e medir tudo que você faz, permite avaliar constantemente como o seu programa de marketing de conteúdo está impactando em seus negócios. Planejar, agir, medir e corrigir é essencial, o tempo todo. Os números não mentem – e se você está fazendo um bom trabalho com marketing de conteúdo, você vai querer mostrar seus resultados e até utilizá-los para eventualmente promover publicidade e serviços de divulgação em seu site.

Espero que a explicação destes conceitos tenha sido útil para você.

Posso te ajudar com seu Marketing de Conteúdo, tanto nos aspectos estratégicos, como na produção.

Solicite agora mesmo um orçamento sem compromisso.

Tecle pelo WhatsApp 51 9 96547672 ou Envie um email para contato@alvaron.com.br

 Telegram