Alvaron

Como escolher o domínio de sua pequena empresa na internet

Escolher seu domínio é tão importante, que ele deveria ser escolhido antes mesmo do nome da empresa. O domínio certo pode aumentar as visitas ao site, enquanto um domínio ruim  pode causar confusão e dores de cabeça desnecessárias.

Vamos começar com algumas dicas principais:

  • Pense em palavras que descrevem claramente o que você faz ou o público que atende
  • Escolha um domínio fácil de memorizar
  • O seu domínio domínio tem que ser fácil de soletrar
  • Defina a extensão certa(.com, .com.br, .net, etc) para você
  • Verifique a disponibilidade antes de fazer materiais de divulgação
  • Se possível combine os finais de links das redes sociais com o domínio

O domínio é um patrimônio da sua empresa, um dos mais importantes Por isso vamos ver mais dicas e detalhar melhor as que já listamos a seguir.

Veja também aqui mais explicações sobre domínio e hospedagem e tudo que você precisa para rodar seu negócio na internet.

Se estiver abrindo um negócio, escolha o domínio primeiro

Existem casos quase inacreditáveis onde empresas escolheram seu nome, e contrataram logotipo e materiais de divulgação antes de pensar no domínio na internet. Acontece que ao tentar registrar o domínio, descobriram que ele já existia há muito tempo e era de um concorrente.

Dê uma olhada nas redes sociais antes de escolher o domínio

Verifique o Facebook e Instagram para conferir se os nomes de página e perfil que você vai usar, e têm a ver com seu domínio estão disponíveis. Se vocês vai registrar empresaxyz.com.br, veja se consegue ter um facebook.com/empresaxyz e um instagram.com/xyz.

A situação ideal é ter todos os finais de links com uniformidade, se isso for possível.

Não é fundamental, mas será uma forma mais fácil dos clientes e potenciais clientes lembrarem de você e indicarem você.

Se o domínio já disser quem é você e o que faz, melhor

Um domínio é o seu endereço na Internet, por isso é importante que seja fácil de lembrar, inspire confiança em sua marca e, sempre que possível, já explique a finalidade de sua empresa.

Comece pensando em termos e frases que descrevam claramente o que você faz ou o público que atende.

Por exemplo atacadoxyz.com.br, docesartesanaiszyx.com.br, advocaciatributariayxz.com.br, esteticapetyxz.com.br não precisam perder tempo explicando o que oferecem.

Descomplique, quanto mais fácil de lembrar, melhor

Quando você escolher seu domínio, priorize a memorização. Ao manter seu domínio curto, sem alongar além do necessário os clientes e potenciais clientes lembrarão dele mais facilmente, mesmo que tenham visto ou ouvido o domínio apenas uma vez.

O domínio ideal é curto, relacionado ao seu mercado, e fácil de lembrar.

Verifique se o domínio é fácil de soletrar

Escolher um domínio que seja fácil de soletrar é importante para que ele seja fácil de encontrar. Parece bobagem, mas não é. Empresas que têm domínios complicados de soletrar, muitas vezes acabam descobrindo que empresas concorrentes mal intencionadas registraram domínios parecidos, mais fáceis de soletrar, justamente para tentar pegar uma parte dos acessos.

O outro motivo para escolher um domínio fácil de soletrar é para controlar os custos. Se o seu domínio tem letras duplas, ou que podem ser confundidas umas com as outras(como b / d, ou m / n) quando uma pessoa está ditando o domínio para outra, você deverá pensar em comprar domínios extras que soem como o seu, e isso gera custos desnecessários.

Cuidado com a cacofonia

Sabe aquela pegadinha que fazem volta e meia enviando nome e sobrenome em mensagens para apresentadores de TV, que quando lidos juntos formam um palavrão? Ou quando você escuta uma frase comum como “beijei a boca dela” e fica estranha a junção das palavras boca e dela?

O boca a boca é uma ótima forma de publicidade gratuita. Se o seu domínio formar uma palavra que soa constrangedora ou indevida, as pessoas podem acabar não gostando de falar ele umas para as outras.

Evite isso. O domínio precisa soar bem ao ser dito, ou pelo menos, não soar mal ou constrangedor.

Evite usar hifens e combinar palavras

Se o seu domínio ideal não estiver disponível, não tente forçar a barra  adicionando hifens ou palavras combinadas. Isto funciona bem para entidades reguladoras como ANATEL( que combina Agência Nacional de Telecomunicações), mas não para empresas que precisam faturar.

Estas combinações(acrônimos) demandam tempo para explicar seu domínio, o que torna mais difícil de lembrar dele, e se você tiver um domínio difícil de lembrar, é mais provável que acabe dando tráfego grátis para seus concorrentes.

Além de ser mais difícil de explicar e lembrar, um acrônimo também tem menos probabilidade de ser usado como um termo de pesquisa quando as pessoas estão procurando por você online.

Evite domínios de correspondência exata

Domínios de correspondência exata, são nomes de domínio que correspondem a uma palavra-chave comum, palavra por palavra, como por exemplo “alugueternosparafestas.com.br”.

Embora esses domínios possam parecer uma boa ideia, na realidade, o Google não curte muito eles, o que significa que um site que os utiliza, provavelmente não aparecerá no topo dos resultados de pesquisa.

Lembre-se, o Google adora conteúdo bom e costuma recompensá-lo com boas colocações em suas pesquisas, mas ano a ano vem dificultando as “espertezas” para tentar subir nas suas buscas.

Veja também O Google explica como seu site pode destacar-se nas buscas

Verifique os backlinks e histórico

É raro, mas pode acontecer de você adquirir um domínio que já foi de outra empresa que você nem imagina e que desistiu dele. Então podem haver links em outros sites que estejam apontados para este domínio, os backlinks.

Quando são sites interessantes e relevantes, ou pelo menos assim digamos honestos, não há problema algum.

O problema é se o domínio era usado para propagar spam, malwares, ou para outros conteúdos e práticas indevidas, que jogam o domínio para baixo nas buscas do Google, ou até o suprimem.

É uma situação rara, mas vale lembrá-la. Você pode averiguar backlinks no site Ahrefs.

Escolha a extensão que combina com seu negócio

A extensão é o .com, .com.br, .net, .adv, .jor, .org, e outros, que aparecem na parte final dos domínios.

Veja a lista completa das extensões nacionais.

Normalmente as pessoas no Brasil procuram de primeira pelo .com.br quando tentam adivinhar ou testar no browser o domínio de uma empresa.

Pessoalmente recomendo sempre utilizar o .com.br para empresas que operam com foco no mercado brasileiro, registrando extensões como o .com ou outras apenas para redirecionamentos.

Esteja atento à titularidade do seu domínio

Quando chegar a hora de registrar seu domínio, se outra pessoa ou empresa está registrando-o para você, sempre insista que o domínio seja adquirido tendo o nome de sua empresa, ou o seu nome como titular. Isso é importante porque você ainda terá o controle do uso do domínio, independente da sua parceria com terceiros continuar.

Veja se seu domínio está disponível

O ideal é acessar o registro.br e verificar a disponibilidade, logo na tela de abertura. Existem também outras empresas que fazem isso, geralmente as de hospedagem, como a HostGator(que inclusive oferece o domínio como bônus na compra da hospedagem em várias modalidades).

Para domínios internacionais, você pode buscar “registro de domínio internacional” no Google.

Com o domínio registrado, é hora de pensar em criar seu site, a central de todo seus esforços de divulgação na internet, como  explicamos em O futuro do site da pequena e média empresa: integrando mídias sociais e tecnologias sob uma única marca

Para um orçamento sem compromisso para criar seu site e utilizar no seu domínio, envie sua mensagem, ou tecle com a gente pelo WhatsApp.

Tecle pelo WhatsApp 51 9 96547672 ou Envie um email para contato@alvaron.com.br

 Telegram