Alvaron

Dicas para empreender na internet com menos chances de quebrar

Neste post, vamos traçar um paralelo entre o boom e o crash “.com” dos negócios online no início dos anos 2000, o rush “.com.br” que veio logo depois no Brasil, e o que está acontecendo agora e o que temos pela frente, para ajudar com dicas quem pretende empreender na internet por convicção, oportunidade, ou mesmo necessidade.

Em algum lugar do passado

Você vai entender na segunda parte deste post, como para entender o momento atual, é bom dar uma olhada no passado.

Ali pelo ano 2000, vimos iniciar o estou da grande bolha da internet nos Estados Unidos(saiba mais sobre ela aqui). Basicamente foi uma quebradeira de empresas e sites que surgiram ou incharam a partir de investimentos que visavam um lucro futuro muito provável na mente de quem investia, mas sem uma base concreta na realidade.

Assim, ideias que hoje teriam mais chance como pets shops virtuais, naufragaram junto com modelos de negócio mais inusitados como provedores de internet(discada) grátis e diretórios de sites gratuitos. Na verdade diz a lenda que esta época até um site que prometia vender e entregar todas as variedades de alface possíveis, recebeu milhões de dólares em investimento, e claro, quebrou.

No Brasil, em meio a este estouro e nos anos logo a seguir, vimos um rebote deste fenômeno  acontecer. Muita gente achava que era só colocar algo online e ganhar milhões. Celebridades investiram milhões em sites pesadões em Flash, empresas de mídia montaram redações inchadas e “portais”. Apareceram vários provedores de internet grátis discados, e muitas empresas médias e grandes jogaram um bom dinheiro fora com sites ruins de navegar e difíceis de atualizar, cheios de grafismos exagerados, com árvores de conteúdos redundantes e custos absurdos de elaboração. Nesta época também pairava no ar uma pergunta: como “monetizar” e pagar os custos de “tudo isso”?

Depois, entre 2005 e 2007, o mercado filtrou muitas iniciativas, os investimentos foram enxugando e amadurecendo. A internet começou a ficar um pouco mais parecida com o que temos hoje, com redes sociais, Youtube, banda larga emplacada de vez, Iphone chegando, e após muito dinheiro jogado fora, a visão um pouco mais madura do mercado de internet, era de que como em qualquer mercado: existe sucesso, fracasso, fenômenos, e na média, quem for mais competente, estruturado e entender melhor o mercado e trabalhar como ele pede, com alguma sorte tende a persistir, e fazer dinheiro com seu negócio online através do tempo.

Finalmente, com o mercado maduro de vez, surgiram negócios estruturados e lucrativos. Plataformas reunindo profissionais e serviços, meios de publicidade online que de fato remuneram, ecommerce pujante, serviços de assinatura, ferramentas estatísticas, vendas pelas redes sociais, sites funcionando plenamente em dispositivos móveis, etc, passaram a compor um cenário onde tudo se tornou mais consistente e mensurável em termos de investimento e resultados.

De volta para o futuro

Como nosso público são pequenas empresas, profissionais liberais e pequenos empreendedores, agora vamos focar neles e deixar as grandes empresas e aspectos macro em segundo plano.

No momento atual, o que vemos é a economia como um todo se reorganizando com base no cenário global que se impôs, e estas mudanças estão criando um movimento talvez nunca visto com relação a empreender na internet.

Com tantos trabalhadores tendo que se reinventar como empreendedores, e empresas tendo que migrar rapidamente do físico para o online, vemos uma espécie de misto entre boom e rush, ocorrendo na internet brasileira.

Diante da crise, surgem oportunidades, e para além deste clichê fundamentado por um valoroso provérbio milenar oriental, vemos fórmulas mágicas de sucesso prometendo tornar pessoas comuns em milionários pela internet, pessoas apostando rapidamente todas as suas fichas conquistadas ao longo de anos em modelos de negócio arrojados online(que prometem super resultados rápidos), pequenos empreendedores apostando na criação de sites, páginas de vendas, lojas virtuais, em nichos online que não conhecem, totalmente diferentes de seu background profissional.

Neste momento em que todo mundo está correndo para as montanhas da internet diante da instabilidade na planície do mercado físico, é bom relembrar o passado que mostramos na primeira parte do post.

A internet não é um mercado mágico. Sim, existem sucesso, em meio a fracassos. Sim, é possível criar um modelo de negócio na internet que gere renda, mas isso envolve riscos. Sim, é possível estabelecer-se e prosperar online, mas assim como na agricultura, na indústria, no comércio, os êxitos normalmente acontecem com uma combinação de esforço, persistência resiliência, inteligência e sorte, sem fantasia, sem eventos espetaculares e irreais.

Retroceder nunca, render-se jamais

Então dito isto, vamos ver algumas dicas e insights para todos que pretendem empreender e lucrar na internet. Sem delírios, ufanismos, sem pessimismo, nem otimismo, apenas com olhos abertos e pés no chão.

Você vai ver que aqui não vamos chover no molhado com ideias que todo mundo dá, nem oferecer possibilidades fantásticas.

O nosso propósito é que com base em conceitos realistas, você empreenda ma internet sem entrar numa roubada e possa de fato prosperar online.

Pelé, Romário, Ronaldo e Neymar não surgem todos os dias

Um dos principais problemas com “fórmulas”, “plataformas” e “modelos” nos negócios online, é que eles usam a cultura do fenômeno. Através do exemplo de sucesso de pessoas que de fato ficaram milionárias pelos meios que oferecem, eles convencem milhares de pessoas a fazer um investimento inicial, nem sempre pequeno em cursos, ou acessos a meios de trabalhar online,.

Neste processo, eles fazem ganho de escala, e lucram muito a partir de um grande número de pessoas que se engajam, então quem está com a maior chance de sucesso são eles próprios, e não você. Por isso, antes de investir nestas plataformas e cursos, tente entender o que oferecem, e se você não pode aprender boa parte do que está ali, de graça pelo Google.

Claro, você pode ser o próximo fenômeno da internet, mas lembre que para cada craque famoso no mercado do futebol, existem milhares de bons jogadores que ganham sua vida com o esporte, porém sem atingir a fortuna.

O mesmo acontece na internet. Algumas pessoas ficaram milionárias como mostrado, mas são poucas com relação aos que pagaram para tentar aprender a enriquecer.

Reinventando a roda, geralmente não se vai longe

Você foi garçom por toda a vida, e de repente resolve entrar no mercado online com mineração de dados. Você trabalhou como vendedora em lojas de moda a vida toda, e resolve que vai entrar no mercado online como afiliada de cursos online de fitness. Claro, pode dar certo, mas também pode dar errado, é óbvio, pois as escolhas não têm nada a ver com o background profissional dos exemplos.

Muitas pessoas têm a percepção de que a internet é uma dimensão mágica, onde elas podem se tornar o que quiserem. Pode até ser, em certo nível, mas é muito mais fácil um personal trainer que atuava em academias vender aulas online, ou mesmo a domicílio, conquistando os clientes um a um, após criar um site ou landing page com um botão flutuante de contato pelo WhatsApp, e conversar sobre as necessidades específicas de cada potencial cliente que o contata, do que conseguir se sustentar vendendo info produtos como afiliado pela internet, o que milhares de pessoas estão tentando fazer.

O seu background profissional geralmente é onde está seu capital cultural, que é tão importante quanto o capital financeiro da hora de um pequeno empreendedor avaliar que rumo tomará na internet.

O virtual baseado no real não depende de “magia”

Se você sabe fazer salada de batata como ninguém, com sabor e apresentação impecáveis, e sempre mantendo o mesmo padrão, você está perdendo tempo. Você pode filmar com um celular que gere imagens de boa qualidade, e com um mínimo de edição, ou mesmo sem ela, e criar um curso online em uma plataforma, colocar um preço razoável, e tentar fazer ganho de escala.

Este exemplo quer dizer o seguinte: quando você tem uma base real para o virtual, ele é mais forte e consistente.

Uma pessoa que por exemplo trabalhou como secretária em empresas durante anos, tem muito mais chances de prosperar criando um negócio online que receba contatos, agendamentos, ligações e resolva burocracias, fazendo o trabalho que já fazia presencialmente antes, pela internet, para várias empresas ao invés de uma, do que mudar seu foco por exemplo para venda de produtos de beleza online, que poderia ser um negócio inicialmente complementar.

Muitas vezes, um profissional experiente só precisa criar seu site, criar um blog para periodicamente ir mostrando como conhece de fato o serviço que está vendendo, começar a divulgar para amigos e parentes em suas redes sociais, e se trabalhar corretamente, em alguns meses já terá um negócio próspero na internet, com esforço e persistência, sem “mágica”.

Não brigue com os números, eles são invencíveis

Se no seu extrato bancário aparece R$ 1000, por mais que você sonhe, não será tão fácil sem ação, ver aparecer mais três dígitos por ali e compor R$ 1000.000. Não importa o quão bacana, divertido, correto e honesto você seja, uma compra de R$ 200 no supermercado, não vai se transformar em R$ 20 num passe de mágica.

Diante deste poder absoluto dos números, antes de entrar em qualquer negócio, você deve sempre considerar seriamente:

  • Quanto você tem para investir
  • O que sobra se o valor investido não der resultado
  • Quanto tempo tempo o negócio em que está investindo leva para se pagar
  • No caso de você depender do negócio em que investiu para sobreviver, de onde virá o dinheiro até ele se pagar

Muitas pessoas cometem o erro de diante do fato de precisarem se reinventar, alocar recursos advindos de uma rescisão de contrato de trabalho, venda de imóvel, venda de automóvel, em um negócio online, sem pensar nos números envolvidos no mundo real.

Não cometa este erro, pois ele pode ser muito difícil de ser corrigido.

No escuro, caminhe como um bebê

A internet, além da percepção de “magia”, cria naturalmente uma sede de velocidade nas pessoas. É comum isso levar a ações precipitadas, como por exemplo lançar algo que não está maduro numa sexta fim de tarde, e torrar uma verba preciosa em anúncios pagos na internet durante o fim de semana, para acordar na segunda sem o dinheiro posto fora e sem resultados.

Muitas pessoas estão perdidas diante das contingências atuais, como se tivessem que caminhar no escuro. Não é fácil reinventar-se, empreender em função das circunstâncias ou necessidade, então por isso mesmo, não adianta fazer tudo de forma acelerada, gastando dinheiro sem planejamento, com pressa de acertar.

É melhor aprender a caminhar passo a passo, como um bebê, mas com a cautela de um adulto que procura evitar quedas. Não colocar todos os ovos na mesma cesta, não sair correndo no escuro, não fazer movimentos ousados em território desconhecido, não gastar sem avaliar o risco de perder tudo, são dicas básicas.

Para as pessoas que estão meio perdidas, tentando se reinventar online, existem opções de baixo risco e investimento como drop shipping, venda de info produtos como afiliado, prestação de serviços que de fato dominam online. Por isso, aprimoramos nossos processos produtivos, e criamos o serviço de Criação de páginas de vendas, que por apenas R$ 200 em média permite ao pequeno empreendedor divulgar seu negócio online de forma consistente e começar a ver seu negócio aparecendo no Google, sem um grande investimento.

Se você precisa experimentar para entender o mercado online e ir aprendendo com suas experiências como prosperar na internet, evite as arrancadas rápidas com grandes valores, e procure soluções de baixo investimento, que ainda assim podem trazer bons ganhos.

No mínimo você estará aprendendo como se comporta o mercado online e no máximo ainda poderá fazer um bom dinheiro com a internet.

Navegar é preciso, aprender mais ainda

Hoje no Google, você vai encontrar em suas buscas geralmente bons resultados, que vão te dirigir exatamente para o que está procurando. Explicamos como isso funciona no post O segredo do Google que seu negócio não pode perder.

Com tanto conteúdo online, você tem as condições de jogar no Google “Plano de negócio” e achar até em vídeo, um conhecimento fundamental para empreender, sem precisar ler, sem precisar pagar por um curso.

Lembre-se que a base para adquirir conhecimento na internet, é clicar e se aprofundar, é o hipertexto. Então dê um tempo no reality show, no futebol, nas celebridades, nas séries, nos games, no face, no insta,  e use a internet para o que ela realmente foi criada, começando exatamente procurando “Plano de negócio” no Google, acessando um link e lendo, ou assistindo um vídeo, e se você encontrar durante ao processo algo novo como “Análise de Mercado”, repita o processo, se aprofundando indefinidamente cada vez que surge algo novo para absorver.

Este conhecimento somado à sua experiência de vida e de trabalho, e ao que você observa em volta, valerão progressivamente de certa forma, tanto quanto um curso universitário.

Ao caminhar em seu bairro, observe os negócios que sobrevivem, e os que infelizmente fecharam, e tente conectar o que aprendeu na internet com o que está observando no mundo real. Isso fará sua mente processar as informações de uma forma mais avançada e naturalmente você criará um ciclo virtuoso de aprendizado que poderá ser aplicado nas suas iniciativas de negócio online.

Não deixe de sonhar, mas cuidado com o vão

Se você visitar uma cidade que tenha um bom sistema de metrô, bem organizado, provavelmente perceberá que pode ir a quase qualquer ponto chave da cidade, e nessa experiência, você escutará frequentemente o famoso “mind the gap”, ou “cuidado com o vão”(o espaço entre o trem e a plataforma), que se você ignorar, pode provocar no mínimo um bom susto e no máximo um acidente grave.

A internet não para de criar milionários que vieram do zero.

Existem muita gente com reservas de dinheiro disposta a investir em seu negócio online, se você mostrar que ele é viável.

Há pessoas que colocam sua ideia online e apenas por sorte, acabam tendo um sucesso fenomenal.

Na verdade, quase qualquer produto ou serviço que antes era oferecido apenas no mundo físico, hoje com a criação de um site simples e barato, com um botão de contato pelo WhatsApp, já pode começar a rodar na internet.

As possibilidades são imensas e ilimitadas… mas cuidado com o vão.

Então, sonhe com seu negócio online, estude, trabalhe e lute por ele, persista e prospere, mas sem descuidar da realidade.

É isto que procuramos passar neste post, para seus sonhos de negócio online tenham mais chance de dar certo, continue sonhando, mas olhe para a realidade presente e passada. Se esforce e com base no conhecimento e aprendizado aprenda a tentar vislumbrar a realidade futura.

Saiba que a maioria chega lá com esforço e inteligência, e que se você conseguir ganhar sua vida com a internet, mesmo sem ficar milionário, já terá conquistado algo que é sonhado por muitos.

Se quiser ajuda na criação de um site, blog, loja virtual, landing page ou página de vendas para aproximar seu sonho de negócio da realidade online, envie uma mensagem, ou tecle com a gente pelo WhatsApp.

Tecle pelo WhatsApp 51 9 96547672 ou Envie um email para contato@alvaron.com.br

 Telegram