Alvaron

Fique ligado: o Google mudou bastante suas buscas, e agora?

O Google fez uma super atualização no seu algoritmo agora em  maio. Neste post vamos mostrar como um futuro de colaboração e conhecimento parece estar deixando para trás um passo de competição pura e simples.

Bem, esta última atualização do algoritmo do Google, foi uma atualização do tipo “core”, ou seja, na essência de como ele funciona.

O algoritmo em termos simples, é o processo mais o conjunto de regras pelos quais o Google identifica um site, e o classifica nas buscas levando em conta uma série de fatores.

Então, é bom ficar ligado, e vamos passar dicas muito bacanas neste post, especialmente para pequenas empresas e profissionais liberais, mas antes de mais nada:

Obrigado Google, nós realmente somos seus fãs!

Nós crescemos com a última mudança e estamos felizes com isso.

Já há algum tempo, estamos seguindo algumas diretivas que o Google passou sobre o que espera dos sites.

No nosso caso, com estas mudanças, tivemos um crescimento médio de 25% nos nossos usuários e sessões, o que foi vital para nosso negócio sobreviver neste tempo de crise.

Conseguimos isso, porque já vinhamos como explicamos focando em colocar conteúdos no blog do modo em que explicamos no nosso último post, e tantos outros aspectos que temos descrito no nosso blog.

Então, obrigado Google, sempre fomos, e continuamos sendo fãs.

Sugerimos que verifiquem os seguintes posts também:

Quem foi mais afetado negativamente pela mudança?

As opiniões variam de especialista para especialista, mas o que aconteceu foi na verdade lógico.

O Google já vinha avisando que não queria mais saber de conteúdo fraco e raso, postado de vez em quando só pra cumprir tabela, mas de sim posts, artigos, notícias, tutoriais, etc, que sejam realmente interessantes.

Então numa visão mais resumida, os sites mais afetados negativamente pela mudança foram os:

  • Que colocam poucos posts ou conteúdos no site
  • Que postam por postar sem se preocupar se aquilo realmente é interessante para seu público
  • Que postam menos de uma vez por semana
  • Que são complicados demais em sua linguagem
  • Que não dão a mínima para o SEO individual dos posts
  • Que tem posts elaborados por terceiros de modo distante da realidade da empresa e seus clientes
  • Que tem conteúdo gerado de forma automática

A dica para quem está perdido ou começando,é seguir a técnica que ensinamos em nosso último post:

O que fazer para aproveitar positivante a mudança?

A inteligência artificial do Google, os processadores quânticos do Google, têm se mostrado mais humano que os humanos em um aspecto fundamental: vão valorizar no futuro cada vez mais conteúdo de pessoas para pessoas.

Isso significa que pode ser uma ótima ideia utilizar pessoal interno, ou você mesmo criar os posts de seu blog.

Ninguém terá o toque pessoal, ou a vivência da atividade como você, e este componente orgânico é justamente algo que o Google valoriza.

O que o Google parece estar privilegiando são posts que funcionem como uma página de enciclopédia, como uma página de um livro de receitas, como uma página dos multimídias dos anos 1990 que vinham em CD ROM e ensinavam tudo sobre um assunto, com vídeos e imagens em meio ao texto.

Também está tendo sucesso quem faz posts tipo uma página da Wikipedia simplificada, incluindo uma visão um pouco além do básico de determinado assunto, e utilizando links relevantes, e como sempre, textos e imagens.

Pense no seguinte: um post sobre como trocar o pneu do carro fica melhor só com texto, ou com algumas fotos do passo a passo e um vídeo? Qual tende a fazer mais sucesso e ajudar mais as pessoas?

Pense na experiência do internauta em primeiro lugar. Como você se sente acessando o post que colocou no ar?

Responda dúvidas, ensine coisas, divirta, apresente novos assuntos, melhore o trabalho ou a vida de alguém com agilidade e simplicidade, é isso que o Google parece estar privilegiando.

Coloque posts, notícias, artigos tutorias, etc, pelo menos uma vez por semana no ar.

Seja humilde, dê uma olhada no Yahoo Respostas de vez em quando. Lá você consegue ver o que a audiência popular está escolhendo como melhor resposta sobre seu assunto, se ele for de interesse geral. É quase como dar uma volta e “ouvir as ruas”.

Cuide do básico do SEO de seu post. Não basta escrever com dedicação e carinho, cada post merece ao menos uma descrição, título e palavras chaves únicos e bem escritos, o que pode ser feito de maneira muito fácil com o WordPress, veja no post abaixo mais detalhes:

Conclusão

O principal para se destacar no Google, é pensar em quem vai acessar  conteúdo.

É preciso tirar da cabeça a ideia de ganhar dos outros nos mecanismos de busca.

É preciso privilegiar a ideia de colaborar com a internet, com os visitantes, com algo que realmente seja interessante e faça a diferença na vida e no trabalho das pessoas.

Se no médio e longo prazo, você entender que não é só pagar por anúncios que vai subir no Google, mas quanto mais e melhor você postar, que realmente fará a diferença, você verá que terá mais sucesso nas buscas do que concorrentes que continuam pensando do modo antigo.

O algoritmo do Google é tipo a fórmula da Coca Cola, ninguém pode ter certeza 100% dos ingredientes e modo de preparo, o que se pode é investigar e buscar indícios e práticas que funcionam ou não.

Nada garante que um site que tem autoridade, bom tráfego, etc, vá continuar com o mesmo desempenho um mês após o outro, ainda mais quando o Google muda seu algoritmo.

Se quiser trocar uma ideia, ou solicitar um orçamento sem compromisso, chama a gente no WhastApp. Boa sorte com seu site ou blog!

Tecle pelo WhatsApp 51 9 96547672 ou Envie um email para contato@alvaron.com.br

 Telegram