Alvaron

Analise você mesmo o mercado e melhore resultados

Toda a empresa precisa conhecer bem a si mesma, os concorrentes e o mercado para ter sucesso.

Existe uma maneira de montar um cenário onde ficam mais claros seus pontos fortes e fracos, bem como o de seus concorrentes.

Neste cenário você poderá ainda visualizar oportunidades e ameaças que estão à frente no caminho de sua empresa.

A SWOT(ou análise de pontos fortes, fracos, ameaças e oportunidades) ajuda a conhecer melhor seu negócio, os concorrentes e o mercado.

É uma ferramenta útil para uma melhor estratégia de negócios e para manter o foco em seus objetivos, tratando pontos fracos e melhorando pontos fortes de sua empresa.

O que é SWOT?

Análise SWOT é uma estratégia usada por empresas para  avaliar seu desempenho geral e dos concorrentes de modo objetivo.

Isso ajuda empreendedores a tomar decisões, como por exemplo se o negócio deve se expandir ou lançar um novo produto ou serviço.

Basicamente, você analisa sua empresa, concorrentes, o ambiente interno e externo, pontos fracos e fortes, ameaças e oportunidades.

Por exemplo, Muitas pequenas empresas estão despertando para o fato de que precisam atuar de modo cada vez mais profissional, como mostramos no post Empresas que não têm sites perdem muitos clientes para concorrentes

Com os concorrentes avançando em determinado sentido, é preciso analisar o contexto do seu mercado de forma adequada, para não ficar para trás.

Então se os concorrentes estão com uma boa presença na internet, com sites empresarias bem desenvolvidos, isto é um ponto forte deles.

Por outro lado, se sua empresa tem um site defasado que precisa de remodelagem, ou pior, não tem site, esta é uma fraqueza.

Pode ainda haver uma ameaça com a tecnologia expandindo as vendas na internet e sua empresa não estando apta neste meio com um bom site empresarial.

O vídeo abaixo, pertencente ao canal do Professor Daniel Santana, explica de forma simples e muito completa a SWOT.

 

Com relação aos pontos fracos e fortes, são considerados fatores internos como:

  • Reputação
  • Equipe
  • Localização
  • Expertise do negócio
  • Qualidade dos produtos e serviços
  • Otimização de processos internos
  • Saúde financeira

Esses fatores podem mudar dependendo do contexto.

A empresa pode mantê-los ou não nas suas diferente análises SWOT, dependendo dos esforços feitos para melhorar pontos fracos e aprimorar pontos fortes através do tempo .

Oportunidades e ameaças estão relacionadas a fatores externas, como:

  • Concorrentes
  • Tendências de mercado
  • Preços de materiais
  • Sazonalidade
  • Regulamentações governamentais
  • Novas tecnologias

São fatores que não estão sob controle da empresa.

As empresas devem aprender como lidar com esses fatores a seu favor e adaptar estratégias de forma adequada para competir com outras empresas do mesmo ramo.

Passos de uma análise SWOT:

A análise SWOT é um processo colaborativo e inclusivo.

Devem participar seus colaboradores, que trarão suas ideias para avaliação.

Dessa forma, você ouvirá várias opiniões e perspectivas diversas.

Isso enriquecerá sua SWOT.

Veja também mais sobre os conceitos básicos da análise SWOT, clicando aqui.

Vamos ver o passo a passo da análise SWOT.

1. Pontos fortes

Pontos fortes são coisas que a empresa está fazendo bem, que são uma vantagem competitiva.

A ideia então é identificar pontos fortes tornando-os ainda mais fortes.

Com relação a concorrentes, considere os pontos fortes deles como um objetivo a ser alcançado.

Observe o que eles fazem,  e como você pode fazer melhor.

Ou ainda, como posso criar um modelo melhor do que fazem.

Alguns itens a serem consideradas quando você começar sua SWOT:

  • Quais as vantagens competitivas da empresa no setor
  • Quais recursos oferecem que são únicos ou valiosos
  • Em quais processos eles estão se destacando
  • O que atrai os clientes
  • Se a empresa é líder de mercado, como chegou a este ponto
  • A empresa está se expandindo?
  • Que ativos a empresa possui, tais como, propriedade intelectual, partes interessadas, edifícios, etc.?

2. Pontos fracos

São os que precisam de melhoria.

Neste estágio da análise SWOT, é importante ser honesto consigo mesmo.

Se você não olhar com atenção ima fraqueza, mesmo que isso gere desconforto, não haverá como melhorar.

Alguns fatores a considerar ao avaliar pontos fracos:

  • O que a empresa poderia fazer melhor
  • Que processos podem ser melhorados
  • A empresa não tem uma boa reputação
  • Qual o foco da empresa em comparação com outras do setor
  • De que seus clientes costumam reclamar
  • A empresa está se retraindo?
  • Que ativos fazem falta à para a empresa?

3. Oportunidades

Ter uma empresa é aproveitar o momento.

As oportunidades são as mesmas para você e a concorrência.

Reconhecê-las é o primeiro passo.

Tirar vantagem delas antes da concorrência é o segundo.

Veja algumas perguntas para fazer uma boa análise SWOT:

  • Qual a tendência mais provável no seu segmento para o próximo ano?
  • Existe uma lacuna em seu mercado que o concorrente não atende?
  • Existe oportunidade de expandir o negócio?
  • Há oportunidade de mudar a empresa para um ponto comercial melhor?
  • Algo está sendo regulamentado pelo governo que criará oportunidades?
  • Alguma tecnologia nova em breve será implementada?

4. Ameaças

São fatores externos que podem colocar um negócio em risco de sofrer perdas.

Assim como as oportunidades, ameaças costumam ser semelhantes para você e os concorrentes.

No entanto, algumas ameaças podem ser específicas para uma organização, como uma reclamação grave de um cliente insatisfeito.

É importante aprender como tratar estas ameaças e evitar que se transformem em problemas maiores.

Se você não agir rapidamente, as ameaças às vezes podem causar danos terríveis para seu negócio.

Alguns exemplos de ameaças potenciais:

  • Um cliente insatisfeito com um produto ou serviço gerando grande repercussão de sua queixa
  • Mercado em baixa
  • Novos concorrentes muito competitivos surgindo
  • Existem regulamentações governamentais que dificultam a operação?
  • O que os clientes estão fazendo melhor? Faça uma pesquisa de mercado para descobrir(veja aqui como fazer sua pesquisa).
  • Novas tecnologias que podem impactar nos produtos ou serviços

Plano de ação

Depois de definir os componentes mais importantes que afetam o sucesso de sua empresa e de sua concorrência, você precisa de uma estratégia.

Um plano, que irá guiá-lo nas melhorias em sua empresa para competir com seus concorrentes.

Observe estes pontos para elaborar seu plano:

  • Peça feedback de sua análise SWOT para seus funcionários
  • No seu plano, procure usar seus pontos fortes para neutralizar seus pontos fracos
  • Encontre oportunidades por meio das ameaças(diante delas o que pode ser melhorado?)
  • Divulgue suas ideias para sua equipe
  • Transforme as ideias em objetivos de melhoria
  • Crie uma lista de tarefas que executadas permitem cada objetivo de melhoria
  • Escolha um responsável para cada item que deve ser melhorado na empresa
  • Deixe claro para cada um seus deveres e responsabilidades
  • Eleja prioridades, tratando os pontos fracos mais graves, ou então os mais rápidos de resolver, primeiro

Muitos dos pontos fracos e fortes, ameaças e oportunidades, estão sujeitos a alterações posteriores.

Conforme sua empresa crescer e evoluir, você sentirá a necessidade de fazer novas análises, e deve trabalhar executando-as periodicamente, em busca de melhoria contínua.

Se você quer um site para sua empresa competir melhor por acessos e contatos nas buscas do Google, tecle com a gente pelo Whatsapp.

 Telegram